(11) 99932-6186 contato@sangarinfo.com.br

Han o robô humanoide que pode ler expressões faciais

Por Suzanne Tanoue

Em 1999, assistimos a Robin Williams interpretando o robô Andrew Martin, um humanoide que emocionou o público. Dezesseis anos depois, um robô humanoide com capacidade de reconhecer e interagir com as pessoas foi apresentado ao público numa feira de eletrônicos em Hong Kong, a Global Sources Mobile Electronics. A cabeça robótica que ganhou o nome de Han usa câmeras e um sistema de reconhecimento de voz para “enxergar” as pessoas e conversar com elas.

Quando pareado com um aplicativo de celular, Han pode ter conversas básicas e fazer uma série de expressões faciais diferentes. Cerca de 40 motores controlam seus “músculos faciais”. O rosto do robô é coberto por uma borracha conhecida como “frubber”.

Han consegue não só detectar a presença das pessoas, mas distinguir os gêneros, a idade e o humor delas. Seus desenvolvedores ressaltam a utilidade do robô em hotéis e outros serviços de atendimento a clientes.

A empresa responsável pela criação do humanoide, a Hanson Robotics, tem modelos anteriores que seguem a mesma ideia desse projeto: as criações anteriores incluem versões robóticas do escritor americano Philip K. Dick e de Albert Einstein, criados em parceria com a coreana KAIST.

A Hanson Robotics pretende ainda usar a tecnologia desenvolvida para Han num novo rosto, dessa vez feminino, chamado Eva.

O futuro é agora!

Assista ao vídeo de Han interagindo com o público na Global Sources Mobile Electronics:

 

(Via Wired Magazine)

Fonte: Zupi

Postado por: Sangar | www.sangarinfo.com.br

Fechar Menu
Open chat